Semana de Prevenção das Toxicodependências

De 26 a 31 de Maio - "Tour Agarra a Vida"

Definição da natureza das drogas psicoactivas
Uma droga psicoactiva é qualquer substância que altera o teu humor (por exemplo, que te torna feliz, triste, nervoso, eufórico, deprimido, excitado, etc.). Altera a tua percepção do ambiente externo (por exemplo, o tempo, a localização, as condições, etc), ou altera a tua percepção do ambiente interno (por exemplo, sonhos, imagens, alucinações, etc.). Por exemplo, após usares uma substância psicoactiva, podes sentir-te eufórico, estares inconsciente da passagem do tempo e podes focalizar-te em fantasias ou imagens. O uso destas substâncias pode originar sérios problemas, assim como levar-te a ter comportamentos que de forma consciente não desejavas, pelo que deves estar informado(a) e prevenires-te!
in Instituto Português da Juventude saber mais

Filme da Semana: "A Marcha dos Pinguins"

Sinopse:Todos os Invernos, nos implacáveis desertos de gelo da Antártida, bem longe no local mais inóspito ao cimo da Terra, tem lugar uma viagem verdadeiramente extraordinária, efectuada da mesma forma há milénios. Pinguins Imperadores, aos milhares, abandonam a segurança das águas de azul cristalino onde habitam, e trepam para a superfície gelada, para dar início à sua longa jornada para uma região tão erma e tão extrema que não alberga nenhuma outra forma de vida, nesta época do ano. Em fila indiana, os pinguins marcham cegos pelas tempestades de neve, feridos pela força das rajadas de vento. Resolutos, indómitos, levados pela irresistível necessidade de se reproduzir, para assegurar a sobrevivência da espécie. Guiados pelo instinto, por uma força quase sobrenatural, dirigem-se sem falhar para o seu tradicional local de reprodução onde – após um ritual de complexas danças e delicados movimentos, acompanhados por uma cacofonia de arrebatadas canções – juntam-se em casais monógamos e acasalam. Mas a história não fica por aqui…
Ano:2005
País:França
Género:Documentário
Intérpretes:Romane Bohringer, Charles Berling, Jules Sitruk
Realização:Luc Jacquet

Lançamento do site Colóquio / Letras com Ricardo Araújo Pereira

A apresentação do site da revista Colóquio/Letras decorreu no dia 19 de Maio de 2008, numa sessão em que participaram, a convite da revista, António Feijó, professor catedrático da Faculdade de Letras de Lisboa, e Ricardo Araújo Pereira. A sessão contou ainda com intervenções de Ana Paula Gordo (directora-adjunta da Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian) e Joana Morais Varela, directora da Colóquio/Letras.
in:http://www.gulbenkian.pt/index.php?section=101&artId=726, para saber mais!

22 de Maio - Dia do Autor Português

Durante esta semana, na tua BE/CRE, Em Destaque, estarão obras de autores portugueses!
Desde José Saramago ( Prémio Nobel da Literatura em 1998) a Alice Vieira, Álvaro de Magalhães, Ana Maria Magalhães, António Torrado, Ilse Losa, Inês Botelho, Isabel Alçada, José Jorge Letria, Laurinda Alves, Margarida Fonseca Santos, Maria Alberta Menéres, Maria Teresa Maia Gonzalez, Paulo Coelho, Pedro Seromenho, Sophia de Mello Breyner Andresen... e tantos outros, tão do teu agrado!!!

17 de Maio - Dia Internacional dos Museus

"Bracara Augusta" é uma cidade rica no que se refere ao património cultural. Os Museus e os vestígios arqueológicos são os guardiães das memórias dos povos que nos antecederam! Não conhecermos a nossa história é como sermos órfãos, sem raízes, sem respostas para o porquê de termos chegado aqui!

"Há pequenas impressões finas como um cabelo e que, uma vez desfeitas na nossa mente, não sabemos aonde elas nos podem levar. Hibernam, por assim dizer, nalgum circuito da memória e um dia saltam para fora, como se acabassem de ser recebidos. Só que, por efeito desse período de gestação profunda, alimentada ao calor do sangue e das aquisições da experiência temperada de cálcio e de ferro e de nitratos, elas aparecem já no estado adulto e prontas a procriar. Porque as memórias procriam como se fossem pessoas vivas." Agustina Bessa-Luís, in 'Antes do Degelo'

Visite a "história" de Braga!

Há sugestões para todos os gostos!





Filme da Semana: "Uma aventura em Lisboa"

SINOPSE: É natural que a chegada de uma nova aluna atraia as atenções do resto dos alunos. Neste caso concreto, são as gémeas, Teresa e Luísa quem se encarregam de fazer as honras da casa. Claro está que Chico, Pedro e até o jovem João ficam com ciúmes. Mas quando descobrem que o novo colega tem uma rádio pirata, deixam-se de cenas e entram no jogo. Combinam todos ir ver o estúdio e é então que ouvem na rádio uma misteriosa história sobre um tesouro escondido num monumento da capital. Mas não são os únicos a ouvir, uma quadrilha de ladrões também está no encalço do tesouro. É quanto basta para que os dois grupos se ponham em marcha pelas ruas e monumentos de Lisboa. Depois de muito errarem, e de terem passado pelos Jerónimos e pela Torre de Belém, vão parar ao Aqueduto das Águas Livres. Será nesse belíssimo cenário que a aventura tem um final feliz?

Realizador. Carlos Coelho da Silva
Intérpretes. Mafalda Mendes, Filipa Mendes, Cristovão Campos, Manuel Moreira, Sandro Silva e a participação especial de Júlia Pinheiro (2000 - 49m).

NOTA: Se gostares do filme... Lembra-te que o livro se encontra disponível na tua BE/CRE!

Semana da Europa - de 3 a 9 de Maio



Lenda da EUROPA (adaptada)

"Europa era filha de Agenor e de Telefaassa. Zeus viu Europa brincar com as suas companheiras, na praia de Sídon, no reino de seu pai. Apaxonado pela sua beleza transformou-se num touro de resplandescente brancura, aproximou-se da jovem, indo deitar-se aos seus pés. Europa assustou-se, mas pouco depois, acariciou o animal, sentando-se sobre o seu dorso. Logo o touro se levanta correndo até ao mar. Apesar dos gritos da jovem, ele avança por entre as vagas e vai-se afastando da margem. Chegam ambos a Creta (...) e à sombra dos plátanos vivem o seu amor sendo que, em memória desta paixão, as árvores obtiveram o privilégio de nunca perder as folhas."

Curiosidades: A EUROPA é o segundo continente mais pequeno do Mundo, ocupando uma área de 10.498.000 km2. Compreende 44 países independentes, incluindo a Turquia e a Federação Russa (esta última maioritariamente localizada no continente Asiático).
O ponto mais alto da Europa é o Monte Elbrus, com 5.642 m de altitude, situado na Federação Russa.
A população total é de 700 milhões de pessoas. O país com menor área e população é o Vaticano (0,44 Km2 e 890 habitantes).

Filme da Semana: "O segredo de Terabítia"

É uma história de fantasia e aventura sobre a amizade e o poder da imaginação.
Jess Aarons é um inadaptado na escola e mesmo dentro da sua própria família. Ele treinou todo o Verão para ser o miúdo mais rápido da escola mas o seu objectivo é inesperadamente destruído pela nova colega, Leslie Burke que entra na corrida “só para rapazes” e a ganha. Apesar do seu pouco auspicioso primeiro contacto, os dois jovens rapidamente se tornam nos melhores amigos. Leslie adora contar histórias de magia e fantasia. Jess adora desenhar mas, até conhecer Leslie, isso é algo que guarda para só si.Leslie abre todo um novo mundo de imaginação a Jess: juntos eles criam o reino secreto de Terabitia, um lugar mágico apenas acessível aos dois amigos...
Realização: Gabor Csupo
Argumento: Jeff Stockwell e David Paterson
Elenco: Josh Hutcherson, AnnaSophia Robb, Zooey Deschanel, Robert Patrick, Bailee Madison, Kate Butler, Devon Wood, Emma Fenton, Grace Brannigan, Latham Gaines, Judy McIntosh, Patricia Aldersley.
NOTA: O livro está disponível na tua Biblioteca!

MÃE...

"A mulher grávida" de Mário de Sá-Carneiro

Ser mãe – doce evangelho- é sentir palpitar
Dentro da sua carne, a carne doutro ente;
Fazer da sua alma, a alma desse ente,
Reconhecer que nem só Deus pode criar.

É cumprir a missão pela terra exigida,
É dar-lhe mais alguém que a aperfeiçoe e a amanhe.
É ter quem nos estime e quem nos acompanhe,
É morrer e deixar no mundo a sua vida...

...Ventre de mãe, fruto maduro,
Ventre de mãe, ventre orgulhoso,
Tu és um cofre precioso,
Tu és o cofre do futuro!

"Quando eu nasci" de Sebastião da Gama

Quando eu nasci,
ficou tudo como estava.

Nem homens cortaram veias,
nem o Sol escureceu,
nem houve Estrelas a mais...
Somente,
esquecida das dores,
a minha Mãe sorriu e agradeceu.

Quando eu nasci,
não houve nada de novo
senão eu.

As nuvens não se espantaram,
não enlouqueceu ninguém...

P'ra que o dia fosse enorme,
bastava
toda a ternura que olhava
nos olhos de minha Mãe...