1958-2009 - Michael Jackson

Quadrilha - de Carlos Drummond de Andrade (Brasileiro: poeta, autor de contos, crónicas, literatura infantil e tradutor)

João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou pra tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história.

Que pode uma criatura senão,
entre outras criaturas, amar?
amar e esquecer,
amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?

Morreu??? o Pai da Música Pop!!!
Possas, Michael, alcançar a FRATERNIDADE e a PAZ que enchem as "tuas canções"!!!


Dia Mundial da Luta contra a Toxicodependência

No Jornal "Correio do Minho" do passado dia 23 de Junho, os leitores podiam ler, na rubrica "Escreve quem sabe", um texto simples e conciso, informativo e formativo, de que transcrevemos excertos.

"Diga não às drogas

O dia 26 de Junho marca a celebração do Dia Internacional Contra o Abuso e Tráfico de Droga, pelo que abordamos hoje a temática da toxicodependência e seus principais problemas.
Actualmente, a problemática da droga faz parte do nosso dia-a-dia. (...)
(...) as drogas mais consumidas em Portugal são as legais, nomeadamente o álcool, o tabaco e os tranquilizantes. Os derivados da cannabis, especialmente o haxixe, são as drogas ilegais de maior consumo. Quanto ao consumo de heroína, estima-se que poderá afectar cerca de 1% da população
portuguesa. (...)
Um simples copo de vinho, ou um charro, podem ser o objecto de uma primeira experiência que pela repetição pode ter efeitos graves num futuro mais ou menos distante, ou mesmo durante o período em que se está sob a sua influência.
De entre os riscos para a saúde, contam-se os riscos associados aos efeitos físicos do consumo, a possibilidade de overdose, e ainda o risco de contágio pelos vírus do VIH/SIDA e das hepatites, (...), são frequentes os acidentes de viação provocados pelo consumo de drogas e/ou álcool. Os riscos psíquicos não são negligenciáveis e englobam dificuldades intelectuais, perturbações mentais, depressões, ansiedade, falta de memória, dificuldades de concentração, pensamentos estranhos, variações de humor, entre outros.
(...) tal como outros comportamentos de risco, se iniciam em idades cada vez mais precoces, nomeadamente na adolescência. A adolescência é sem dúvida uma fase difícil para alguns adolescentes, cujos problemas mal resolvidos de conflitos familiares e de identificação errada com determinados modelos provocam frustrações que impelem à fuga para a droga. (...), permanece o risco de os consumos se tornarem excessivos e regulares, o que geralmente evolui para dependência e requer tratamento especializado.
E lembre-se: o consumo de drogas, sejam estas legais ou ilegais, implica riscos nem sempre previsíveis, não apenas para o consumidor, mas também para o ambiente social que o rodeia."
Autoria de Susana Feio (Enfermeira) e Dânia Ferreira (aluna do 5º ano de Medicina da Universidade do Minho).
Aos nossos adolescentes lembramos que, como canta Sara Tavares, é necessário fazer "Escolhas" e, ainda, que, tal como "cantam" os Madredeus, pela voz de Teresa Salgueiro, "Haja o que houver" ... eu estou aqui! Eu, neste contexto, pode e deve significar família, escola e outras instituições. Há... se se quiser... volta, esperança!

18 e 19 de Junho - Feira do Livro

A Feira do Livro voltou a encerrar o ano lectivo!
E, como em boas práticas não se mexe, voltamos a contar com a, sempre, prestimosa colaboração da Livraria Culturminho e houve Feira do Livro, também, pela noite fora, coincidindo com a Festa do Encarregado de Educação da EB 2/3.
Aproveitámos a vinda da comunidade educativa à escola para fazer uma mostra dos melhores trabalhos realizados pelos alunos, do Pré-Escolar ao 3º Ciclo, no âmbito do PNL , Área de Projecto, diferentes áreas curriculares e Projectos implementados no Agrupamento. As nossas crianças e jovens, naturalmente, fizeram questão de "guiar" os Pais e Encarregados de Educação na visita! Afinal, a festa era deles para eles!
Aos professores e Auxiliares de Acção Educativa que apanharam uma "valente estafadela" e conseguiram manter o profissionalismo e a boa disposição só podemos dizer: "Bem Hajam!"!

"Localismos"!!!

Os alunos EFA (B3 e Secundário) fizeram uma recolha de "localismos" da área pedagógica do Agrupamento e, no dia 18 de Junho, foram "Ao encontro de...Maria do Céu Nogueira e Fernando Aldeia", escritores e guardadores acérrimos dos "contos e ditos" do nosso Povo!
Partindo das obras "Mais perto do Céu" e "Cada espiga tem seu grão", de MCN e FA, respectivamente, leram, ouviram ler, conversaram, riram e fizeram rir com as "pícaras" e deliciosas estórias, verdadeiras e "ajuramentadas" transmitidas, sobretudo, pelos nossos avós!!! E, como "Quem conta um conto acrescenta um ponto" contaram-se várias "versões" de "rezinhas", crendices, lenga-lengas, estórias de escárnio e mal-dizer... E a sessão que estava agendada para ter a duração de 1 hora (das 21 às 22) só terminou quando o grupo de "grandes conversadores e contadores de estórias" quis... já passava das 11,30!!!
Mulheres, homens,dois jovens adultos e dois escritores (Reformados??? Qual quê!!!) que, depois de mais um dia de trabalho, propocionaram momentos como aqueles que se viveram na nossa BE/CRE, merecem a nossa admiração e o nosso MUITO OBRIGADA!!!

Ao encontro de... Pedro Seromenho!

Com uma extraordinária dimensão humana, o escritor, ilustrador e comunicador nato, Pedro Seromenho, percorreu as 6 EB1 do nosso Agrupamento, nos dias 3, 4 e 5 de Junho. Conversaram (espantaram e espantaram-se com as ilustrações) sobre "A Nascente de Tinta", "O Reino do Silêncio" e "900 - A História de um Rei" e o Pedro antecipou projectos em curso!!! Para os conheceres visita a página ou o blogue do Autor/Ilustrador, clicando nas palavras.
Como "Uma imagem,quantas vezes, vale mais que mil palavras!"... diremos, apenas, que os nossos meninos e os seus professores estão de parabéns, pelo empenho na preparação da actividade, pelo envolvimento durante o decorrer da mesma e pelo carinho que dispensaram ao Pedro!!!

10 de Junho - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Porque se comemora?
· para nos lembrarmos que pertencemos a uma grande Nação, pioneira na expansão marítima europeia, iniciada em 1415 com a conquista de Ceuta;
· para homenagear Luís Vaz de Camões, grande poeta universal, humanista, autor da única epopeia da era moderna, "Os Lusíadas";
· para destacar as inúmeras comunidades portuguesas espalhadas pelos quatro cantos do Mundo, unidas pelo mesmo idioma, difundindo a sua cultura, lembrando a sua História e construindo o seu futuro.
O universo lusófono é muito abrangente, constituindo-se por diferentes espaços socioculturais, unidos pela Língua Portuguesa:
· a CPLP- Comunidade dos Países de Língua Portuguesa;
· a Diáspora Portuguesa constituída pelos varias comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo;
· as Comunidades luso-crioulas de África e da Ásia:
· o imenso grupo de lusófilos que se dedica à aprendizagem da Língua Portuguesa e ao estudo de temas de varias culturas lusófonas.
Esta é a comemoração das relações de amizade e de enriquecimento cultural entre os vários habitantes do mundo lusófono, que tal como Fernando Pessoa, podem afirmar :
“A minha Pátria é a Língua Portuguesa”!