2 de Maio - Dia da Mãe

Meu filho, és livre, és rapaz...
Só tens hoje uma prisão,
Donde nunca sairás:
- É ela o meu coração!

Segue, meu filho, os teus passos;
Percorre bem o destino;
Depois vem para os meus braços,
Onde andaste em pequenino.

Os teus olhos, mulher linda,
P'ra quem neles souber ler,
Dizem mais coisas ainda
Do que tu sabes dizer;

Ao pé de ti fico mudo,
Fitando esse teu olhar:
Quando os olhos dizem tudo
P'ra que há-de a boca falar?!

Neste mundo, mar de abrolhos,
Um triste sonho me embala
Ao ler nos teus lindos olhos
O que a tua boca cala...

in "Este livro que vos deixo... 2" de António Aleixo (cota: 82-1 ALE)

A Biblioteca saúda todas as MÃES!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário