XX Feira do Livro de Braga - Tertúlia

XX Feira do Livro de Braga, no PEB, recebe António Vitorino d’Almeida
Músico apresenta a sua autobiografia intitulada: ‘ Ao princípio era Eu’
O Espaço Tertúlia preparado na XX Feira do Livro de Braga, que se realiza no Parque de Exposições de Braga até ao próximo dia domingo, dia 8, recebe amanhã, às 21H30, o consagrado músico António Victorino D’Almeida. O famoso maestro vai apresentar a sua recente autobiografia: ‘ Ao princípio era Eu’, que será acompanhada por uma intervenção musical por parte do compositor.
Um dos principais nomes a marcar presença na XX Feira do Livro e Braga sobe amanhã ao palco do Espaço Tertúlia, na Grande Nave do PEB. O Maestro António Vitorino d’Almeida, um dos maiores nomes da música portuguesa, que tem já vários livros lançados como Coca- Cola Killer, Tubarão 2000 e Toda a Música que eu Conheço, vai apresentar sua autobiografia, ‘ Ao Principio Era Eu’.
Neste livro, António Victorino D’Almeida, dá conta das muitas histórias extraordinárias que viveu em Portugal, Espanha, Itália, Croácia, Grécia, Rússia, Moçambique e Brasil .E também muitos episódios fascinantes que aconteceram nos primeiros trinta e cinco anos da vida peregrina. Dotado de uma sinceridade e genialidade surpreendentes, revela como tudo aconteceu ,quer de bom quer de mau.
Para além da referencia à sua recente obra autobiográfica, o músico tem preparado uma breve actuação musical com duas ou três peças ao piano.
“O reconhecimento que pretendemos para a Feira do Livro de Braga também se faz com a presença de grandes nomes da cultura portuguesa. O Maestro Vitorino d’Almeida, para além de um dos maiores nomes da música nacional, tem também um rico espólio literário”, reconhece Jorge Miguel Corais, administrador do PEB.

António Vitorino d’Almeida

“ É importante que o público compareça. Só com um forte número de visitantes é que conseguimos trazer à Feira, e à cidade, grandes nomes da cultura. É importante a envolvência dos vários agentes”, explica.
“Vai ser um serão interessante que vai chamar a atenção de várias pessoas para a Feira do Livro de Braga. Estas iniciativas vão ao encontro das exigências dos nossos expositores, já que garantem uma boa afluência de público”, garante o responsável.

Sem comentários:

Enviar um comentário